23 de fev de 2015

Professores da rede pública de ensino de Conceição do Coité declaram greve

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Na manhã desta segunda-feira (23), uma assembleia geral extraordinária realizada na sede do Sindicato dos Servidores Municipais de Conceição do Coité, decidiu por uma greve por tempo indeterminado, marcada para começar na próxima sexta-feira (27), com uma manifestação no centro da cidade.

De acordo com Leonardo Mascarenhas, presidente do sindicato, o movimento tem o prazo de 72 horas para que a entidade informe à secretaria de educação, prefeitura e à imprensa sobre a greve.

Segundo o site Informe Bahia, o que motivou a greve foi uma decisão da Secretaria de Educação do município que exigiu que os professores dessem 15 aulas de 45 minutos, enquanto que a lei federal dá o direito de 13 aulas de 45 minutos.

Os professores solicitaram ministrar 14 aulas de 45 minutos, para que, no restante da carga horária, a categoria tivesse tempo para planejamento. O presidente do sindicato disse, durante a assembleia, que o município de Conceição do Coité já perdeu para o estado mais de 1.000 alunos.

Ainda segundo ele, enquanto o município perde alunos, outras cidades vizinhas ganham, como Riachão do Jacuípe. Mascarenhas disse que a categoria está aberta para o diálogo e negociação com a prefeitura sobre a carga horária, e que os professores aguardam o pagamento do piso salarial nacional, afixado no valor de R$ 1.917,78.

Nenhum comentário:

Postar um comentário