27 de fev de 2015

Homem é sequestrado por falsos policiais e executado em Santaluz

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um crime de vingança foi registrado na manhã desta sexta-feira (27) na cidade de Santaluz, distante 85 km de Serrinha.

A vítima, identificada como Evandro Santos da Silva, de 42 anos, que era natural de Pindobaçu (BA), mas trabalhava em um garimpo clandestino no povoado de Serra Branca, em Santaluz, foi executada um tiro de escopeta à queima-roupa.

De acordo com informações de testemunhas, Neguinho Garimpeiro, como era conhecido o homem, caminhava pela Rua Castro Alves, no centro de Santaluz, quando foi arrastado por dois homens se passando por policiais civis e que ocupavam um carro Ford Ecosport, preto.

“Eles chegaram aqui umas 9h dizendo que eram policiais e que Evandro deveria acompanhá-los até a delegacia. Foi algemado e colocado no banco de trás do veículo”, contou uma testemunha que preferiu não se identificar.

Três horas depois, o corpo do garimpeiro foi encontrado com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça, na região conhecida como “Mijador dos Cavalos”. Para a polícia, a morte dele pode estar ligada a uma vingança.

Em março do ano passado, Evandro foi preso durante uma operação das policias militar e civil com 106 bananas de dinamite escondidas no porta-malas do carro. O flagrante ocorreu durante uma festa no povoado de Raposa, em Valente.

O corpo de Evandro da Silva foi recolhido pelo rabecão para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. Até o fechamento da matéria a polícia não havia localizado o carro usado pela dupla, nem os assassinos. O caso está sendo investigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário