25 de fev de 2019

CIPE Nordeste apreende armas e munições nas cidades de Nova Soure e Itapicuru

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Duas armas, uma faca e treze munições foram tiradas de circulação por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste), durante duas ações no final de semana nos municípios de Itapicuru e Nova Soure, distantes 145 e 82 quilômetros de Serrinha, respectivamente. Três pessoas foram presas.

Durante a tarde do sábado (23), em apoio a 21ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Cipó), uma guarnição da CIPE Nordeste realizava rondas na BR-110, em Nova Soure, quando perceberam Abelardo Oliveira, 56 anos – que já possui passagem por tentativa de homicídio – e o seu comparsa Robério Oliveira, dentro de um veículo modelo Fiesta, de cor branca e placa JPZ-2920, parado no encostamento da via com o 'capô' aberto.

Segundo o comandante da unidade, major Wellington Morais dos Santos, os policiais desconfiaram e logo fizeram a abordagem. “Os criminosos utilizam dessa tática quando estão esperando por alguém e como é uma atitude já conhecida por nossas equipes, logo fomos verificar”, explicou. Após revista, a guarnição encontrou na cintura de Abelardo uma faca tipo peixeira e em seu bolso uma pistola Beretta, calibre 6.35.

Já na tarde de domingo (24) denúncias anônimas levaram os policiais da especializada, em apoio a 6ª CIPM/Rio Real, a um bar no povoado de Periperi, zona rual de Itapicuru, onde Antônio Bento Batista, o 'Tonho de Maria', estava de posse de um revólver Taurus, com cinco munições.

“Após chegarmos no local o suspeito correu para o banheiro e tentou se desfazer da arma porém não conseguiu”, explicou o comandante da especializada, informando ainda que ele comprou o revólver por R$ 1,5 mil com um indivíduo conhecido como 'Nissinho' que ainda não foi capturado.

Os materiais apreendidos acompanhados de Abelardo foram encaminhados para a Delegacia Territorial de Euclides da Cunha. Já 'Tonho de Maria' foi levado para a Delegacia Territorial de Rio Real para tomar as providências de polícia judiciária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário