7 de ago de 2017

Serrinha: Mulher morre ao ser estrangulada; marido é suspeito

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Crime teria ocorrido na presença da filha de 3 meses
A Polícia Civil investiga a morte da dona de casa Lúcia de Jesus Santos, de 27 anos, ocorrida na noite deste domingo, 6, em Serrinha. Segundo a polícia, a mulher deu entrada no Hospital Municipal (HM) com vários hematomas pelo corpo e sinais de estrangulamento.

A família da vítima suspeita que o marido dela, Denilson de Jesus Silva, conhecido como “Deni da Rodagem”, tenha cometido o crime. “Eles viviam brigando. Ela [Lúcia] sofria agressões constantes”, disse uma amiga da vítima, que pediu para não ser identificada.

À reportagem do Portal Cleriston Silva – PCS – familiares da vítima disseram que o casal morava no bairro da Rodagem e teria passado o domingo na zona rural do município na companhia da filha de três meses e de amigos. No retorno para casa, a mulher teria sido agredida com socos na face e, em seguida, estrangulada.

Ainda de acordo com informações, o crime teria ocorrido na presença da filha do casal. Após as agressões, a vítima teria sido abandonada desacordada nas proximidades da casa onde morava. Lúcia chegou a ser levada por uma desconhecida para o HM, mas já deu entrada na unidade de saúde sem sinais vitais.

O suspeito está foragido. O carro dele, um VW Gol, de cor vermelha, foi localizado na tarde desta segunda-feira, 7, no povoado Barrocão, na zona rural de Biritinga. A polícia ainda não sabe o que motivou o crime. O corpo da vítima foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Nas redes sociais, parentes e amigos da vítima lamentaram o ocorrido. “Sem palavras e pensamentos para entender o que aconteceu. Vai com Deus amiga, e que o Senhor te coloque em um bom lugar e conforte a dor da sua família”, escreveu uma amiga. “Dizer adeus foi o momento mais difícil da minha vida. Meu coração se quebrou em mil pedaços”, afirmou outro internauta.

Carro do suspeito foi localizado na zona rural de Biritinga

Nenhum comentário:

Postar um comentário