19 de ago de 2017

Tia e primo de Daniel Alves são encontrados mortos na zona rural de Juazeiro

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Irmã da mãe do jogador Daniel Alves, do PSG (França) e da Seleção Brasileira, Marlúcia Francisca Ribeiro Capistana, 46 anos, foi encontrada morta no Rio Salitre, afluente do Rio São Francisco, na manhã desta sexta-feira (18).

A titular da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Juazeiro, na região do Vale do São Francisco, informou ao CORREIO que, provavelmente, ela tenha caído no rio e se afogado. “A família acredita que ela tenha passado mal e caído no rio. O corpo já foi periciado e está aguardando a família”, disse ela.

Ainda de acordo com a coordenadora da 17ª Coorpin, outra pessoa da família do atleta foi encontrada morta, desta vez vítima de homicídio, na noite desta quinta (17). No entanto, ainda não é possível fazer qualquer tipo de relação entre os casos.

“O rapaz (identificado apenas como Evaldo) morreu na noite de ontem (quinta), mas ainda não dá pra saber se ele tem vínculo com Daniel. Ele também morava no mesmo povoado de Salitre”, comentou a delegada, que não deu mais detalhes sobre o assassinato.

Cria do Salitre - Daniel Alves nasceu e cresceu no Salitre, comunidade pobre localizada na zona rural de Juazeiro. Até hoje, muitos parentes dele ainda vivem na região e, nas férias, o jogador costuma visitar o local, como aconteceu antes do início da atual temporada no novo clube, o Paris Saint-Germain.

Em junho deste ano, o lateral-direito postou diversas fotos e vídeos no retorno ao Salitre, inclusive na casa onde passou parte da infância e adolescência, e também no campo de terra batida onde começou a jogar futebol.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Whatsapp (75) 9 9240 2162.

Nenhum comentário:

Postar um comentário