29 de abr de 2014

'Temos que superar a seca', diz Dilma em entrega de cisternas em Feira de Santana

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A presidente Dilma Rousseff comentou sobre a situação da seca e citou o apelido da cidade de Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, onde está nesta terça-feira (29). Ela entregou equipamentos, anunciou a construção de cisternas e moradias, e vai participar da formatura de estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). "Temos que superar a seca", disse, em seu discurso.

"Estou feliz em estar em Feira de Santana, um centro econômico e principal entrocamento do norte e nordeste brasileiro. É, de fato, o portão do sertão, a 'Princesa do Nordeste'. Por aqui passaram milhares e milhões de retirantes ao longo da nossa história. Nós queremos que continuem a passar por aqui aqueles que encontram no nordeste e no semiárido oportunidades", afirmou.

Durante a manhã, a presidente entregou 228 máquinas a prefeitos de 190 municípios, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). Os equipamentos vão auxiliar no escoamento da produção, bem como na melhoria das estradas vicinais e irão beneficiar 203 mil agricultores.

Brejo Velho, Cotegipe, Buritirama, Angical, Alcobaça, Veredas, Rio Real e Buerarema estão entre os municípios contemplados. Foram investidos R$ 67,9 milhões na aquisição de 41 motoniveladoras, 76 caminhões caçamba, 111 pás carregadeiras, informa a Presidência.

O evento contou com a presença do governador da Bahia, Jaques Wagner, do presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo, do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, e da ministra do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

"Se a Bahia é campeã no Minha Casa, Minha Vida, Água para Todos e tantos os outros programas, isso tudo é governo estadual e prefeituras municipais trabalhando em sinergia. Ninguém vence sozinho a dificuldade. Ela se vence com o sistema federativo. Essa é uma visão integrada do país, com planejamento", afirmou o governador Jaques Wagner.

Cisternas - Durante a cerimônia, o governador assinou a contratação de 13.560 cisternas de consumo, no valor de R$ 37,6 milhões. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, no período de 2014 e 2015, a Bahia receberá 40.447 cisternas de água para consumo e 11.761 tecnologias de água para produção.

"A cisterna é um grande reservatório de água de chuva. Para milhares de famílias no sertão, a cisterna é a única fonte de água potável. Estamos fazendo quase mil cisternas por dia no Nordeste. Hoje, podemos comemorar a entrega de 556 mil cisternas entregues durante o mandato da presidente Dilma. Meio bilhão foram gastos nessas cisternas. Em três anos, foram construídas cisternas com capacidade para armazenar 12 bilhões de litros de água", disse a ministra Tereza Campello.

Segundo a presidente Dilma, as máquinas e as cisternas são fundamentais para a produção dos agricultores locais. "As máquinas que entregamos são porque os municípios precisam escovar a produção e ter autonomia. Também estamos tratando aquilo que chamamos de segurança hídrica. Para tratar a seca, precisamos de segurança hídrica. Estamos distribuindo a água com cisternas. Eu acredito que esse esforço nosso com cisternas é o maior já feito para que a gente chegasse a uma situação de resolução com a convivência com a seca. É importantíssimo que o produtor tenha sua cisterna para que ele possa ter uma horta, uma produção, para que ele tenha condições", afirmou.

Mais Médicos e Copa do Mundo - A presidente destacou o programa "Mais Médicos" e falou sobre a Copa do Mundo no Brasil. "Para os prefeitos do interior, para a população do nosso país que vive na periferia que não tinha médico, estou muito orgulhosa porque, neste mês, chegamos aos 14 mil médicos para dar cobertura para 40 milhões de brasileiros. No posto médico, você consegue resolver 80% dos problemas de saúde. Essa atenção tem que ser unânime, o médico tem que encostar na pessoa, tratar a pessoa". Sobre a Copa, a presidente falou rapidamente sobre a expectativa. "Também faremos uma boa Copa do Mundo. Vitória para nós dentro e fora dos estádio".

Água do Sertão - O governador Jaques Wagner também anunciou o investimento de R$ 80 milhões através do programa "Água do Sertão", que utiliza água do campo para abastecer áreas carentes.

"Fizemos a primeira etapa e atendemos 100 mil habitantes e vamos fazer agora a segunda etapa, que vai atender outros 100 mil habitantes. Estamos perfurando poços de 500 metros de profundidade e oferecendo água de qualidade para consumo humano, animal e também para o plantio".

Presidente Dilma entregam máquinas a 190 municípios baianos
Presidente Dilma entregam máquinas a 190 municípios baianos
Presidente Dilma entregam máquinas a 190 municípios baianos
Presidente Dilma entregam máquinas a 190 municípios baianos
Presidente Dilma entregam máquinas a 190 municípios baianos
Presidente Dilma entregam máquinas a 190 municípios baianos

Nenhum comentário:

Postar um comentário