28 de abr de 2014

Papo romântico entre deputado Luiz Argôlo e doleiro Youssef é flagrado pela PF

Redação Portal Clériston Silva PCS 


O resultado da Operação Lava Jato da Polícia Federal contém um papo romântico entre o doleiro Alberto Youssef e o deputado Luiz Argôlo (SDD-BA). A transcrição do diálogo foi parar na coluna de Felipe Patury deste sábado (26). A PF interceptou a conversa às 8h33 do dia 28 de fevereiro deste ano.

Abaixo a transcrição da conversa interceptada pela Polícia Federal.

Argôlo: Bom dia.

Youssef: Bom dia.

Argôlo: Você sabe que tenho um carinho por vc e é muito especial.

Youssef: Eu idem.

Argôlo: Queria ter falado isso ontem. Acabei não falando. Te amo.

Youssef: Eu amo você também. Muitoooooooooo.

Argôlo: Sinto isso. E aí já melhorou?? Melhorou???

Argôlo: Por favor me diga alguma coisa.

Luiz Argolo recebia dinheiro de doleiro, diz Veja

O cerco esta se fechando para o deputado federal Luiz Argolo (SDD). A revista Veja da semana passada cita mais uma vez o paramentar baiano com envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. O ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, também foi preso. 


Segundo reportagem da revista, a sigla LA, que aparece nas gravações obtidas pela Polícia Federal, é atribuída ao deputado Luiz Argôlo. A Veja transcreve diálogos entre o doleiro e seu interlocutor e indica ser o parlamentar baiano.

Na página 46, Veja afirma que recursos do doleiro foram entregues no apartamento funcional do deputado na capital federal. O endereço onde deveria ser entregue o dinheiro, segundo LA, é o 302 N, Bloco H, Ap 603. De acordo com a reportagem de Veja, neste endereço mora o deputado Luíz Argolo.

A relação financeira entre Youssef e LA é intensa, diz Veja. LA pede por mais de uma vez que o doleiro pague suas contas. Em nota, o deputado Luiz Argolo negou ser beneficiário de supostos pedágios direcionados a detentores de mandatos federais”. Disse que tudo não passa de ilação.

Após vazamento de conversa com doleiro, Argôlo participa de festa em Serrinha e se refugia em fazenda no interior 

Após a divulgação na revista Época do trecho de mensagens trocadas entre o doleiro Alberto Yousseff e o deputado federal Luiz Argôlo (SDD-BA), o parlamentar está recluso em uma fazenda no interior do Estado. “A fazenda não é nem da família dele porque ele não quer assédio”, afirmou uma fonte ao PCS.

Na noite do último sábado (26), o deputado foi flagrado na vaquejada do parque Alto Sereno, em Serrinha. Na companhia do empresário Vardinho Serra, do vice-prefeito Gika Lopes, proprietário do parque, e do ex-prefeito Claudionor Ferreira, o deputado evitou comentar o assunto com a imprensa.

Há ainda informações de que o parlamentar vai acionar seus advogados por considerar invasivos trechos da gravação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário