23 de abr de 2014

Mulher é presa acusada de mandar irmão matar amante do marido em Itatim

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um casal de irmãos foi preso acusado de matar uma mulher no município de Itatim, localizado a cerca de 166 km de Serrinha. Segundo a delegacia local, Miralva Couto Santos, 32 anos, mandou o irmão, Edson Couto Santos, matar a amante do marido, conhecida como Luciana, após uma discussão entre as duas.

A mulher nega que tenha pedido ao irmão, que já esteve preso por homicídio, para matar a vítima e diz que Luciana é que tinha raiva dela.

— Ela disse que ia beber meu sangue. Ela disse que ia matar eu e meus dois filhos.

O acusado afirma que matou Luciana na casa dela por que ela estava ameaçando a mãe, a irmã e a família. Ele nega que a irmã tenha envolvimento com o crime e "em momento algum ela falou pra matar ninguém não". De acordo com o laudo pericial, a mulher foi estuprada, baleada e esfaqueada. O homem disse que matou, mas que não houve estupro e nem usou faca para assassinar Luciana.

— Eu nunca utilizei faca para matar ela nem ninguém, não. Eu dei uma cacetada nela do lado da cabeça, ela queria correr e eu dei uma cacetada nela e bateu na parede.

Segundo o delegado Adilson Freitas, o acusado invadiu a casa da vítima, deu alguns golpes com um pedaço de ferro, após ela estra caída, manteve relações sexuais a força com Luciana e atirou contra a mulher. A acusada disse que ainda está com o marido e toda terça ele vai vê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário