22 de jan de 2014

Moradores interditam trecho de rodovia destruída por chuva em Uauá

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Cerca de 50 moradores de Uauá, município localizado a 246 km de Serrinha, interditam o km-232 da BR-235, na manhã desta quarta-feira (22). Os manifestantes pedem melhorias na rodovia, que foi parcialmente destruída pela chuva no último dia 19 de dezembro.

Durante o protestos, os moradores da região queimaram pneus e colocaram galhos na rodovia, interditando o acesso de motoristas à BR-116, sentido Salvador, Feira de Santana e Fortaleza. O protesto começou por volta das 9h.

Por meio de cartazes, os moradores dizem que os problemas na estrada foram provocados por obras mal planejadas que causaram o alagamento da rodovia após as chuvas de dezembro. Na ocasião, três famílias que moravam à margem da via ficaram desabrigadas e três pessoas morreram por causa de acidentes no local.

Acidentes - De acordo com o 4º Pelotão da Polícia Militar de Uauá (PETO), por conta de uma forte chuva ocorrida na noite de quinta-feira (19), um bueiro construído próximo à pista transbordou e abriu o enorme buraco. No mesmo dia, um caminhão-baú caiu na cratera e um carro de passeio capotou no mesmo trecho. Juntos, os acidentes causaram três mortes.

Cratera foi aberta após chuvas na região

Caminhão-baú ainda não foi retirado do local 


Nenhum comentário:

Postar um comentário