27 de nov de 2013

Quatro morrem em confronto com a polícia em Castro Alves

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Armas apreendidas com os suspeitos
Quatro homens morreram na terça-feira (26) durante uma troca de tiros com policiais, na cidade de Castro Alves, a 175 km de Serrinha, na estrada do Paraguaçu, que liga as cidades de Rafael Jambeiro e Santa Terezinha.

Um deles foi identificado como Irineu Santos, que atuava como policial militar em Feira de Santana, e que era suspeito de assalto a banco. Segundo informações do capitão Willian Gomes, da 27ª CIPM de Cruz das Almas, Irineu foi excluído da 65ª CIPM (Companhia Independente) por envolvimento em um crime e teria sido reintegrado após liminar.

Ainda segundo informações, ele estava com licença médica de cerca de nove meses. No bolso dele foi encontrado um contracheque da PM, que confirmava que ele pertencia à corporação, porém o comprovante estava desatualizado.

O Auto de Resistência (AR) aconteceu quando cerca de dez homens trocaram tiros com policiais de Cruz das Almas, de Santana Terezinha, de Castro Alves, do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) e de policiais civis de Cruz das Almas.

De acordo com a polícia, os acusados planejavam assaltar uma agência bancária da região. A polícia civil estava levantando informações sobre os suspeitos e chegou até uma fazenda onde houve o confronto. Os homens estavam escondidos nesta fazenda.

“Era uma quadrilha especializada em assalto a banco e estava se preparando para cometer assaltos na região. Tivemos êxito na diligência, mas infelizmente houve a morte desses bandidos por conta da reação deles. A intenção, logicamente, era de prendê-los”, disse o capitão para o Acorda Cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário