7 de nov de 2013

Entre Rios: Empresário é preso por furto de madeira

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O empresário José Benedito de Oliveira, o “Papa Madeira”, de 62 anos, foi preso, nesta terça-feira (5), por investigadores da Delegacia Territorial (DT) de Entre Rios, com o apoio da Polícia Civil de Sergipe, na cidade de Umbaúba, naquele estado, em cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Ele é acusado de furtar madeira em áreas de preservação ambiental e de florestas pertencentes a empresas do setor de celulose, nas cidades de Esplanada, Cardeal da Silva, Conde, Alagoinhas e Entre Rios.

Segundo o titular da DT/Entre Rios, delegado Antônio Luciano Lima, que coordenadou as investigações, José Benedito foi proprietário de serrarias nas cidades de Esplanada, Jandaira e Rio Real, abandonando a atividade e optando, nos últimos anos, pelo furto de madeira.

Proprietário de vários caminhões, José recrutava pessoas para praticar os furtos e fornecia os veículos usados no transporte da madeira. Em um ano, a polícia apreendeu cinco caminhões carregados com madeira roubada, no nome do empresário.

O delegado explicou ainda que a madeira furtada era vendida para serrarias clandestinas, cerâmicas e padarias localizadas no Litoral Norte baiano e também em Sergipe.

Desde o início das investigações sobre furto de madeira em Entre Rios e região, no início do ano passado, 150 pessoas foram indiciadas, entre elas, algumas contratadas por José Benedito. O criminoso está custodiado no Presídio Ruy Penalva, em Esplanda, à disposição da Justiça.

Empresário é acusado de furtar madeira em áreas de preservação ambiental

Nenhum comentário:

Postar um comentário