9 de abr de 2011

Gildásio Penedo admite sair do DEM para o PSD e lançar o pai para prefeito em Tucano

O deputado estadual Gildásio Penedo Filho, declarou na última quarta-feira (6) que vai trocar o DEM pelo PSD. O parlamentar informou também que o seu pai, atual vice-prefeito de Tucano, e outros gestores que votaram com ele na última eleição, deverão migrar para o novo partido, que na Bahia, é comandado pelo vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar. “Eu tenho certeza que os prefeitos de Jeremoabo, Parapiranga e Quijingue, irão comigo para o PSD”, contou o ex-oposicionista.

Penedo, que é casado com uma sobrinha do vice-governador Otto Alencar, disse que não tem mágoas do DEM. “A política é dinâmica. Não devemos guardar rancor. Estou saindo porque não me sinto mais bem no partido”, salientou.

O parlamentar declarou ainda que o seu pai, Gildásio Penedo, pode disputar a prefeitura de Tucano nas eleições do ano que vem pelo PSD, caso o partido seja oficialmente criado até outubro, como determina a legislação eleitoral. “Meu pai admite essa possibilidade, mas eu pessoalmente não acho muito boa”, declarou.

O deputado apóia o atual prefeito do município, José Rubens Santana “Rubinho” (PSB), que não pode mais disputar a reeleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário