8 de abr de 2011

Caém: três vereadores presos acusados de mandar matar colega

Na manhã desta quinta-feira, 7, três vereadores foram presos no município de Caém, no centro-norte da Bahia (185 km de serrinha), acusados de mandar matar o também vereador e presidente da câmara João de Souza dos Reis (PTB), conhecido como "João de Quinho", no dia 1º de dezembro do ano passado.

Os políticos Louro de Mô (PMDB), Ronaldo Oliveira (PTB) e Jonas Pereira (PRP), ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, estão sob custódia no Complexo Policial de Jacobina. Os vereadores tiveram a prisão preventiva decretada pelo juiz Luciano Ribeiro.

Além dos vereadores, outras três pessoas acusadas de matar João Reis foram presas. Alexandre da Silva, 40 anos, conhecido como “Dande”, José da Silva, 41 anos, “Zé Ito”, e Florisvaldo Pereira da Silva “Liu”, foram encontrados no povoado de Piaba, no município de Caém. Uma quarta pessoa que não teve o nome revelado também está sendo investigada. De acordo com a polícia, um dos envolvidos afirmou ter sido contratado pelos vereadores para executar o crime.

Segundo o delegado Élvio Brandão, coordenador da 16ª COORPIN de Jacobina, a motivação do crime, além da disputa política, incluiria briga por terra no povoado de Piabas, no interior do município de Caém.

João de Souza dos Reis foi morto com um tiro na cabeça quando trafegava em uma estrada da localidade de Várzea Comprida, no município de Capim Grosso, distante 68 km de Caém. Ainda de acordo com a polícia civil, os homens receberam R$ 5 mil para matar o vereador João Reis. Todos os acusados estão presos na delegacia de Jacobina.

Vereadores chegando à delegacia onde estão presos

Foto: Noticia Livre

4 comentários:

  1. se foi eles realmente os culpados! que cumpram sua pena sem reclamar.. encarecidamente Aline Monteirp!

    ResponderExcluir
  2. cada quem tem o que mereçe, se são merecedores que paguem pelo crime!

    ResponderExcluir
  3. como tudo indica q foram eles, q eles paguem e bem pago pelo crime

    ResponderExcluir
  4. a justiça tarda mais não falha
    a policia esta de parabens e que todos os envolvidos paguem pelo crime..........ceifar a vida de uma pessoa não é a solução para resolver quaisquer problema..

    ResponderExcluir