19 de abr de 2011

Conta de luz terá aumento de quase 10% na Bahia

A população de 415 dos 417 municípios baianos passará a pagar mais caro pelo consumo de energia elétrica a partir de maio. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 19, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estabeleceu reajustes de 9,79% para os usuários de baixa tensão, que representam 99% dos clientes da Coelba e incluem as unidades residenciais, e 10,16% para os usuários de alta tensão, que englobam o setor industrial e o comércio de grande porte.

As novas tarifas entrarão em vigor em 22 de abril e já terão impacto nas faturas de maio. Os únicos baianos que ainda não serão atingidos pelo aumento são os moradores de Jandaíra e Rio Real, no Nordeste do Estado, que são atendidos pela Sulgipe, concessionária que opera em Sergipe, e ainda não teve o reajuste estabelecido pela Aneel.

Apesar de inferior ao índice de 11,96% pleiteado pela Coelba junto à Aneel, o aumento estabelecido continua muito acima da inflação do último ano, que pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 5,91%.

Em nota, a Coelba alegou que o aumento da tarifa não corresponde apenas à correção monetária, mas a um “ajuste dos custos que não estão sob o controle das concessionárias”.

A empresa afirmou ainda que, dos recursos recebidos, somente 30% são para “operar e expandir o sistema elétrico”. O restante é utilizado para a compra de energia e o pagamento de tributos e encargos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário