25 de nov de 2018

Vítimas de acidente entre carreta e ônibus de Euclides da Cunha são identificadas

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Jeferson, Rodrigo, Rafael e Fernando estavam no ônibus





Foi confirmada a identidade das cinco vítimas da colisão envolvendo uma carreta e um ônibus escolar da prefeitura de Euclides da Cunha na manhã deste domingo (25) na BR-116, no trecho entre os municípios de Serrinha e Santa Bárbara. Entre os mortos estão o motorista da carreta e quatro estudantes. Três morreram na estrada. Eles receberam atendimento médico no local do acidente, mas não resistiram. Já as outras duas pessoas foram encaminhadas para o Hospital de Santa Bárbara, foram atendidas, mas morreram na unidade de saúde.

Ao todo, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o acidente envolveu 34 vítimas. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou que seis pessoas foram atendidas no Hospital Municipal de Santa Bárbara, 19 deram entrada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e quatro no Hospital Estadual da Criança (HEC), ambos em Feira de Santana.

O ônibus de placa PKG-9573 saiu de Euclides da Cunha, a cerca de 143 km de Serrinha, transportando jovens com idades entre 18 e 25 anos, que iriam participar de um concurso de bandas e fanfarras da Licbamba em Antônio Cardoso. O concurso contaria com a participação de 12 municípios e estava previsto para ocorrer a partir de 14h deste domingo, na Praça da Matriz. Ao todo, três ônibus teriam saído de Euclides da Cunha com destino ao evento.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 10h50 e a pista precisou ser interditada nos dois sentidos.

Equipes da PRF, do Grupamento Aéreo (Graer) e do Corpo de Bombeiros estiveram no local do acidente e fizeram o resgate das vítimas. Além das equipes policiais, ambulâncias de cidades de Conceição do Coité, Riachão de Jacuípe, Serrinha, Lamarão, Araci e Candeal ajudaram na transferência dos feridos. A população também auxiliou no resgate, transportando vítimas com ferimentos leves. "Foi muita agonia. Uma tristeza só", lamentou uma funcionária do hospital de Santa Bárbara.

Batida entre carreta e ônibus escolar deixa cinco mortos


Os mortos são o motorista da carreta Eurides Cardosos, de 63 anos, e os estudantes Fernando Andrade de Almeida, Jeferson Conceição dos Santos, Rafael José da Silva Souza e Rodrigo Carvalho Brandão da Silva. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, de onde serão liberados para as famílias. Do total de internados no HGCA, ao menos quatro estão em estado grave. Não há detalhes do estado de saúde dos demais.

Ultrapassagem pode ter causado acidente - A Polícia Rodoviária Federal e a 15ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Serrinha) já iniciaram a apuração sobre as causas do acidente. Testemunhas que viram o momento da batida afirmaram que o motorista da carreta, de placa BSW-5890, licenciada em São Paulo, tentou fazer uma ultrapassagem.

As imagens do local do acidente mostram o ônibus tombado na via e passageiros sendo retirados pelas janelas. A pista foi liberada por volta das 16h. Com o acidente, a cabine da carreta e a frente do ônibus ficaram destruídas.

Na cidade de Antônio Cardoso, onde ocorreria o evento, em vez do desfile de fanfarras os jovens fizeram um grande círculo e prestaram homenagens aos mortos e feridos.

A prefeitura de Euclides da Cunha decretou luto oficial de três dias em homenagem aos mortos. Os estudantes integram a Fanfarra Educandário Oliveira Brito, a maior escola municipal da cidade. O prefeito Luciano Pinheiro informou que o motorista do ônibus é funcionário terceirizado da prefeitura e perdeu as duas pernas no acidente.

Conforme informações levantadas pelo Portal Cleriston Silva - PCS, o motorista da carreta era natural de Conchal, em São Paulo, e trabalhava para uma empresa terceirizada na entrega de colchões. "Ficamos sabendo através do dono da empresa, eles foram na minha casa e tive todo o apoio deles. Estou entrando em contato com a funerária para saber o que a gente tem que fazer. Por enquanto não sabemos", disse a filha de Eurides, Eletícia Cardoso.

Ônibus saiu de Euclides da Cunha levando jovens para campeonato de fanfarra

Informações da polícia apontam que carreta bateu em ônibus após ultrapassagem

PRF precisou interditar trecho da BR-116 por cerca de cinco horas para dar socorro às vítimas

Nenhum comentário:

Postar um comentário