22 de nov de 2018

Prefeitura de Serrinha implementa projeto 'Evasão Zero' em escolas do município

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A evasão escolar é um dos indicadores que pode interromper o ciclo de estudo dos estudantes, e normalmente se inicia com um dos principais fatores de risco para a permanência da criança e do adolescente na escola que é o fracasso escolar, caracterizado pela repetência e abandono que ocasionam elevadas taxas de distorção idade série, idade superior à recomendada para a série. Devido a isso, a Secretaria de Educação, em parceria com a Fundação Cultural e de Comunicação Valença (FCCV), está implementando o projeto "Evasão Zero" em Serrinha.

Sistemas inteligentes, integrados aos bancos de dados das instituições de ensino, já estão sendo postos em funcionamento pela atual gestão. Na terça e na quarta-feira (6 e 7), as primeiras instituições de ensino municipais a receberem as catracas, que servirão para fazer um acompanhamento individual dos alunos, foram as Escolas Leobino Ribeiro e Ivete Oliveira. As demais escolas municipais terão leitor de códigos de barras das carteiras de identificação dos estudantes.

Em todo o Brasil, segundo dados do UNICEF, cerca de três milhões e meio de crianças e adolescentes estão fora da escola. Com o sistema de informatização, haverá um controle de entrada e saída dos alunos nas escolas, evitando a evasão. O projeto visa, portanto, à segurança, ao acesso e à permanência do estudante na escola, e, consequentemente, à redução das vulnerabilidades. Por meio deste projeto, é possível identificar as reais necessidades dos estudantes e trabalhar para atendê-las.

Na sede, já são mais de cinco mil estudantes cadastrados. A meta da gestão é que todos os estudantes, incluindo os da zona rural, sejam cadastrados até meados de 2019. No próximo ano será feita, também, a aferição de peso e altura dos estudantes para verificar se a alimentação ofertada nas escolas está melhorando a saúde nutricional e, consequentemente, a qualidade de vida dos estudantes.

A secretária de Educação, Débora Privat, destacou a importância do sistema para que o município avance ainda mais no setor: "Quando temos acesso aos dados de toda a vida escolar do estudante em rede, poderemos, para além de conseguir remanejá-lo rapidamente, se a família assim o quiser, ter reais possibilidades de avaliar o rendimento acadêmico das turmas e planejar intervenções pedagógicas específicas para que os alunos possam superar possíveis dificuldades e alcançar melhores resultados. Outro elemento positivo é a facilidade que as famílias terão de acompanhar a vida do estudante por meio do site da Prefeitura. Essa ferramenta não invalida que os responsáveis compareçam às escolas, muito pelo contrário, estabelecerá um vínculo que será fortalecido a partir das novas tecnologias". (Fonte: Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário