21 de nov de 2018

Delegado é preso após dizer que “todos eram ladrões” e “palhaços” na PM

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um delegado da Polícia Civil do Pará, de 43 anos, foi levado para a delegacia na noite de terça-feira (20) após desacatar policiais militares durante uma abordagem no município de Glória, a 300 km de Serrinha. Segundo a PM, o homem, com sinais de embriaguez, disse que “todos eram ladrões” na Polícia Militar da Bahia. Ainda de acordo com a corporação, os militares realizavam abordagens na entrada da cidade, por volta das 23h10, e pararam um veículo, modelo strada. Entre os ocupantes do carro estava Jean Sérgio Alves Santos.

A PM detalhou ainda que Jean teria se irritado com os policiais que tiravam fotos da abordagem. Conforme o documento da PM, ele disse que a ação não poderia ser registrada e que era delegado de Polícia Civil do Pará. Após se identificar, a guarnição solicitou que ele apresentasse a funcional, o que não aconteceu. Depois da acusação, os militares informaram que ele seria levado para a delegacia. Neste momento, Jean passou a xingar os militares de “palhaços e merdas” e ainda tentava agredi-los, mas era impedido pelo filho. Em seguida, relataram ainda os agentes, o condutor entrou e ligou o veículo.

Depois da confusão, foi solicitado que o homem acompanhasse a guarnição até a delegacia. Ele ainda resistiu à prisão, mas foi contido. O delegado de plantão que atendeu o caso lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Conforme a PM, o homem apresentava sinais de embriaguez e se negou a fazer exame de alcoolemia como também assinar as infrações. Na DP, foi comprovado que ele é um delegado de Polícia Civil do Pará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário