25 de dez de 2013

Homem morre arrastado por enchente ao atravessar ponte em Tremedal

Redação Portal Clériston Silva PCS

O corpo de um homem que morreu arrastado por uma enchente foi encontrado na manhã desta quarta-feira (25) na região de Tremedal, no sudoeste baiano, a 552 km de Serrinha. Fábio Ferraz, 45 anos, desapareceu ontem ao tentar atravessar uma ponte durante uma forte chuva no povoado de Volta, zona rural da cidade. 

Segundo a polícia, Ferraz estava a cavalo. Com a forte chuva, a água do rio subiu e o homem acabou sendo arrastado. O corpo foi localizado a cerca de 6 km do local onde desapareceu e foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica de Vitória da Conquista.

Já em Piripá, no centro sul, a 588 km de Serrinha, uma barragem transbordou na terça-feira (24) e prejudicou o tráfego na BA-263. A água invadiu o asfalto e os carros tiveram que esperar a situação melhorar para conseguir seguir viagem. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o tráfego não está interrompido na rodovia nesta quarta.

Marialdo Pena de Carvalho, o Pena Chaplin, presidente da Força Independente Água e Vida, diz que o temor é que outra barragem com mais capacidade acabe cedendo e provocando uma tragédia. "Essa barragem (Boca da Mata) estourou, passou por cima de outra barragem, chamada Albino, pegou a estrada e interditou um povoado. Mais de mil pessoas que moram nessa zona rural chamada de Ressaca estão ilhadas", conta.

Segundo ele, nos últimos 30 dias choveu 730 milímetros na última reação. "A cidade está preparada para seca, não está preparada para muita chuva", avalia. "O perigo é que Albino é uma barragem maior, se acontecer algo vai morrer um monte de gente, levar um monte de casa", avalia. Ele lembra que a cidade passou por uma enchente em 1992 e mesmo assim as barragens não foram reforçadas. "Chamo de 'tapagem' o que fazem aqui".

Em Itapebi, a 584 km de Serrinha, o rio Jequitinhonha transbordou por conta das chuva que não para de cair sobre o estado de Minas Gerais e nas regiões vizinhas. Pelo grande volume de água, seis comportas da Usina de Itapebi estão abertas desde a última quinta-feira.

Alguns moradores ainda resistem em deixar suas casas. Em Belmonte, cidade próxima a Itapebi, o rio permanece acima do normal, mas não provocou grandes estragos. A prefeitura municipal já iniciou a limpeza de vários cursos de escoamento de água que estavam assoreados e cheios de lixo.

Em Brumado, a 490 km de Serrinha, o nível de água do rio do Antônio continua aumentando. Os bairros Doutor Juracy e São Jorge são os mais afetados e os muros de uma estação de tratamento de esgoto foram derrubados pela força da água. Seis famílias já foram retiradas de áreas consideradas de risco pela Defesa Civil, segundo o Brumado Notícias.

Na comunidade de Umburanas, também em Brumado, o rio Riachão transbordou e chegou a arrastar árvores. Alguns carros também foram arrastados pela enchente ou ficaram presos em estradas de terra, onde a dificuldade de transitar aumentou.

Também por conta das chuvas, um trecho da BR-101, principal ligação entre Bahia e Espírito Santo, está interditado. A interdição é na altura do km 155, em Linhares, onde a cheia do rio Doce causou alagamento da pista. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que não há nenhuma interrupção na Bahia.

Como até agora cerca de 20 mil km de estradas foram danificados pelas chuvas fortes no Espírito Santo, a recomendação é que se evite viajar pelo estado.

Em Itapebi a água invadiu pista e atrapalhou tráfego na rodovia estadual

Foto: Blog do Anderson

Nenhum comentário:

Postar um comentário