16 de jun de 2012

Taxista acusado de matar mulher há 23 anos é preso em Jacobina

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um taxista foi preso duas semanas antes de comparecer ao Juizado de Pequenas Causas, em Jacobina, a 203 km de Serrinha, onde seria testemunha de uma ação judicial. Adão Gomes da Silva, 56 anos, conhecido como “Dão”, foi denunciado à Polícia Civil pelo juiz Eduardo Leopoldina.

Ao pesquisar seus antecedentes criminais, o juiz constatou que ele é acusado de ter matado a própria mulher com vários tiros. O crime ocorreu no bairro de Periperi, em Salvador, no ano de 1989.

O taxista foi preso por investigadores da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin/Jacobina), no povoado de Lages do Batata, na última terça-feira (12). Em depoimento ao coordenador regional, delegado Élvio Brandão de Oliveira, ele afirmou que matou a mulher ao descobrir que ela tinha um amante.

Após o crime, Adão fugiu para o povoado de Lages do Batata, passando a trabalhar como taxista. Ele ficará custodiado no Complexo Policial de Jacobina, até ser encaminhado para Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário