22 de jun de 2012

Serrinha: Polícia Civil investiga e prende acusados de matar usuário de drogas

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Investigadores da Delegacia Territorial (DT) de Serrinha prenderam nesta quinta-feira (21), no bairro dos Treze, Jemilson de Jesus Santos, 18 anos, mais conhecido como “preá”, morador da Rua Magalhães Pinto, no bairro Vila de Fátima, e Genison Ribeiro Nascimento, 21 anos, o “picapan”, morador da Rua dos Treze, acusados de matar o usuário de drogas Jaciel da Silva Reis, 38 anos, mais conhecido como “Tiel”, com pelo menos 7 tiros.

O crime aconteceu na noite da sexta-feira, dia 1º, no bairro dos Treze. Outros dois acusados de participar do crime estão sendo procurados na região. Segundo o delegado Fábio Silva, coordenador da 15ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), o local onde o crime ocorreu é um conhecido ponto de consumo de entorpecentes.

Ainda segundo o delegado, antes de executar o crime, os acusados quebraram as pernas da vítima e jogaram um vazo sanitário na cabeça dele. O homem foi encontrado com vida por moradores do bairro e socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) aonde já chegou sem os sinais vitais.

O primeiro a ser preso foi Jemilson de Jesus. Ele confessou o crime e denunciou o comparsa Genison Ribeiro, preso dentro da casa onde mora com as armas do crime – um revólver calibre 22 e outro calibre 32.

A responsável pelas investigações, delegada Ana Carina Sampaio Guerra, titular da DT, informou ao PCS que depois de cometer o homicídio, Jemilson fugiu para a casa de parentes no município de Água Fria onde se envolveu em outro crime. “A Polícia não teve muita dificuldade para encontrá-los. Ouviu algumas testemunhas, obteve o endereço dos suspeitos e dias depois do início da investigação o caso já estava esclarecido”, disse.

O crime, segundo a delegada, foi praticado por motivo torpe, decorrente de uma dívida de drogas que a vítima teria contraído com Jemilson. Se condenados, podem pegar até 30 anos de prisão.

Veja outras imagens

Jaciel da Silva Reis foi torturado e morto com pelo menos 7 tiros

Jemilson, o “preá”, foi o primeiro a ser preso
Genison, o “picapan”, foi encontrado com as armas do crime

Um comentário:

  1. TODOS TRES DE IGUAIS PERSONALIDADES, MERECEM SEREM BEM PUNIDOS.NO BOM SENTIDO..... TIPO; COLOCAR PRA TRABALHAR PRA JUSTIÇA. QUE NAO AGUENTAMOS MAS DE PAGAR IMPOSTO PRA ALIMENTAR ESSE IRRESPONSAVEIS.OU ENTAO; P E N A DE M O R T E PARA O NOSSO FINADO BRASIL.!!!!!

    ResponderExcluir