30 de jun de 2012

Humorista Mução é solto por falta de provas

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A Justiça de Pernambuco concedeu o habeas corpus ao radialista Rodrigo Vieira Emereciano, 35 anos, o Mução, após o seu irmão – de nome não revelado – confessar em depoimento que usou a senha e o e-mail do humorista para acessar sites de pornografia infantil. De acordo com o Diário de Pernambuco, o parente é diretor da empresa do comunicador no Ceará.

"Durante seu interrogatório, além das senhas pessoais, o irmão do investigado admitiu que criou e-mails e perfis de usuários em nome daquele [Mução], através dos quais acessou, por diversas vezes e em diferentes ocasiões e localidades, programas de compartilhamento de dados usados para divulgação e troca de imagens contendo cenas de sexo explícito e pornográficas, como se o investigado fosse", diz a Polícia Federal, que deflagrou a operação DirtyWeb esta semana, em nota enviada à imprensa. "Após a prisão, durante as buscas e interrogatórios, foi levantada – pelo próprio investigado – a possibilidade de os acessos terem sido feitos por uma terceira pessoa, com acesso amplo e irrestrito ao suspeito, aos seus locais de residência e trabalho, bem como aos seus dados pessoais. Assim, a partir dos dados fornecidos no interrogatório, novas diligências foram feitas, culminando com a identificação, intimação e a consequente confissão do irmão do investigado", continuou o órgão no comunicado.

Mução deixou a sede da PF em Recife, onde estava detido, sem falar com a imprensa. A expectativa é a de que ele se pronuncie sobre o caso em entrevista coletiva, neste sábado (30).

Um comentário:

  1. Cleriston, te peço uma ajuda para encontrar minha cadelinha da raça poodle velhinha que foi vista pela ultima vez próxima a chácara LULU. Se alguém encontrá-la, entre em contato com a rádio ou com Chiquita, próxima a pousada Nova Vida. Obrigada!

    ResponderExcluir