19 de nov de 2011

Ônibus é assaltado na BR-116 entre Tucano e Araci

Redação Portal Clériston Silva PCS

Seis homens fortemente armados assaltaram um ônibus que fazia a linha Recife/PE – Salvador/BA, da Empresa Penha, na madrugada desta sexta-feira (18). De acordo com a polícia, o ônibus foi interceptado por volta de 3h15m na BR-116, no trecho entre as cidades de Tucano e Araci, a 83 km de Serrinha. Eles entram no coletivo e anunciaram a investida na altura do povoado de Angico, informou o site do radialista Gil Santos.

Segundo o motorista que pediu para não ser identificado, os assaltantes dispararam um tiro para obriga-lo a parar o ônibus, mas ninguém ficou ferido.

O motorista foi obrigado a desviar o roteiro e dirigir em uma estrada vicinal até a localidade de Quererá onde o veículo atolou. Em seguida, os bandidos obrigaram todos os passageiros a tirar as roupas e começaram o saque. Os criminosos fugiram em um carro modelo Fiesta, cor cinza, com adesivo na placa, em direção ao povoado de Raso, município de Nova Soure.

Um passageiro de 58 anos que guardava no bolso da calça a importância de R$ 5 mil, disse que além de ser roubado foi agredido com um soco no rosto. Após a ação o bando fugiu e nenhum suspeito foi localizado, apesar das buscas da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal. As vítimas prestaram queixa na Delegacia de Tucano.

A hipótese é de que o crime tenha sido praticado por uma quadrilha, que já vem agindo nas cidades de Tucano, Araci e também Serrinha. Um investigador da Polícia Civil lembra que este é o terceiro assalto em menos de dois meses no mesmo trecho da rodovia. No último, dia 9/11, o caminhoneiro André Carlota Sabino, 29 anos, foi espancado pelos assaltantes que levaram o caminhão e R$ 3 mil.

Para o investigador, a região onde aconteceram os dois assaltos é propícia para esse tipo de roubo, pois é uma das principais ligações da Bahia com o Estado de Pernambuco. Segundo ele, a distância entre Tucano e Araci é de 47 quilômetros e no trecho onde acontecem os assaltos a estrada é deserta e pouco segura. “Já pedimos um reforço de outras delegacias para ajudar na investigação”, diz. “É preciso aumentar o policiamento na área”, completa o policial que não quis se identificar.

O caminhoneiro André Carlota foi espancado durante um assalto na BR-116

Foto: Gil Santos Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário