27 de nov de 2011

Criadores têm até dia 30 para vacinar rebanho contra febre aftosa na Bahia

Redação Portal Clériston Silva PCS

Criadores têm até a quarta-feira (30) para vacinar e declarar os rebanhos bovinos e bubalino na segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa.

A declaração pode ser entregue em um dos escritórios locais da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). Para comprovar a vacinação o produtor rural deverá apresentar a nota fiscal da compra da vacina e informar a data de realização da vacinação, além da quantidade de animais vacinados por faixa etária.

O pecuarista que não vacinar ou deixar de declarar seu rebanho estará sujeito às penalidades previstas em lei. A multa para quem não vacinar o gado é de R$ 53 por cabeça e R$ 159 para quem não declarar a vacinação.

Nesta etapa é necessário vacinar os animais com idade até 24 meses, mas é preciso declarar todo o rebanho. Nos oito municípios que compõem a zona de proteção, todos os animais devem ser vacinados. “É preciso que todos os criadores sejam rigorosos no controle dessa doença. A Bahia está livre da aftosa, porque os criadores estão se prevenindo nessa época”, explica o produtor rural Antônio Viana.

De acordo com a Adab, o rebanho da Bahia está estimado em 11 milhões de cabeças. Foram imunizados 98,01% dos animais na última etapa de vacinação contra a aftosa, realizada em maio de 2011. A média nacional em 2010 foi de 97,4%. A Bahia tem o maior rebanho bovino da região Nordeste e nos últimos anos tem apresentado estabilidade sanitária, referência no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário