26 de nov de 2011

Justiça mantém aumento de 13% nas contas da Embasa

Redação Portal Clériston Silva PCS

O aumento médio de 13,64% aplicado na cobrança pelos serviços de água e esgotamento sanitário prestados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) continuará a ser aplicado.

Em decisão proferida pela desembargadora Daisy Lago Ribeiro Coelho, da 3ª Câmara Cível, publicada na sexta-feira (25) pelo Tribunal de Justiça, foi suspensa a liminar do juiz Ricardo D´Ávila, da 5ª Vara da Fazenda Pública, que vetava a suspensão do reajuste tarifário.

Em nota divulgada na tarde deste sábado (26), a Embasa informa que reajuste médio de 13,64%, aplicado a partir de maio deste ano, não foi igualmente distribuído entre os consumidores. Aqueles com poder aquisitivo mais baixo, enquadrados nas tarifas residenciais Social e Intermediária, assim como na faixa inicial de consumo (até 10 mil litros), tiveram aumento tarifário em torno de 8%.

De acordo com o superintendente jurídico da Embasa, Sócrates Dourado, a magistrada reconheceu a legalidade da cobrança da tarifa pela empresa, enquanto não houver decisão transitada em julgado sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário