1 de mar de 2017

Cinco mortes são registradas nas rodovias da Bahia durante o carnaval

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Cinco pessoas morreram e outras dez tiveram ferimentos graves em acidentes registrados nas rodovias baianas, durante o carnaval deste ano. Os números foram divulgados pela Polícia Militar na tarde desta quarta-feira (1º), após o fim da operação de carnaval da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que começou na quinta-feira (23). Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Segundo a PM, ao todo, 56 acidentes ocorreram nas rodovias. Dentre os registros, os que ocasionaram as cinco mortes aconteceram no trecho entre Feira de Santana e Ipirá; no KM-26 da BA-522, trecho de Candeias; na BA-120, trecho entre Riachão do Jacuipe e Coité; no km 47 da BA-506, no trecho entre Imbé e Entre Rios; e no KM-15 da BA-001(Ilha de Itaparica), trecho Mucuri x BA-001.

Ainda conforme a PM, as abordagens foram intensificadas durante a operação e o número de carros averiguados dobrou em relação ao ano passado. Em 2016 foram 5.230, já neste ano foram 10.212. Ações de sensibilização e fiscalização também foram realizadas, com a distribuição de panfletos informativos, fiscalizações educativas, abordagens com uso de etilômetro, radares e outras ações preventivas visando à redução do número de acidentes.

Das 10.212 abordagens a veículos, 60 foram retidos, 1.573 foram autuados, e extraídos 1.696 autos de infração de trânsito. Também foram recolhidas 31 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e 24 Certificados de Registro e Licenciamento de veículos (CRLV).

De acordo com a PM, foram abordadas 15.595 pessoas, sendo 8.218 na modalidade de trânsito e 7.377 na modalidade policial. Equipes da 6ª Companhia do BPRv/ Tático Operacional Rodoviário (TOR) realizaram 29 escoltas a ônibus com 1.226 turistas entre nacionais e estrangeiros, do Aeroporto de Salvador para os hotéis da Linha Verde.

Além disso, foram realizados mais de 600 testes com a utilização do etilômetro, sendo flagrados seis condutores que estavam sob efeito de bebida alcóolica. Da mesma forma, foram autuados outros sete por terem se recusado a realizar o teste. Ao todo, 403 condutores foram autuados por excesso de velocidade, flagrados por radares estáticos/ portáteis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário