3 de dez de 2016

Quase 2 mil animais silvestres são resgatados na região de Paulo Afonso

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Foram resgatados em uma operação cerca de 1800 animais silvestres de cativeiros, sendo a grande maioria aves como cardeais, azulões, tico-ticos, coleiras, papagaios e periquitos. Jabutis, patos selvagens, seriemas, um tamanduá-mirim, uma ararajuba e uma araponga, esses dois últimos exemplares são inclusive ameaçadas de extinção, também foram encontrados.

A equipe Fauna, composta pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e por uma equipe de 11 biólogos e veterinários das ONGs Animallia e ECO, do Cemafauna (Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga) e do Cema (Conselho Estadual do Meio Ambiente) encontraram os animais durante fiscalização aos municípios de Paulo Afonso, Santa Brígida, Jeremoabo, Glória e Pedro Alexandre, todas na região baiana do Vale do Rio São Francisco.

De acordo com as informações divulgadas pela PRF na sexta-feira (2), os servidores do IBAMA lavraram 20 autos de infração para pessoas ou estabelecimentos comerciais que tinham animais silvestres de maneira irregular durante os dias de operação. Convertidos em multas, esses autos somarão o valor de quase R$ 400 mil. Além do procedimento administrativo, foram lavrados 15 TCO (Termos Circunstanciados de Ocorrência) pelo cometimento de crimes ambientais. Isso obriga os infratores a comparecerem em juízo para responderem pelos seus atos.

Cerca de 40% dos animais resgatados apresentavam condições de serem devolvidos aos seus respectivos habitats, uma vez que haviam sido capturados recentemente, e já foram libertados. Já os demais foram levados para o Cemafauna de Petrolina, em Pernambuco.

40% dos animais já foi devolvido a natureza

Nenhum comentário:

Postar um comentário