22 de dez de 2016

PM mata esposa ao desconfiar de traição com outra mulher em Inhambupe

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Maria Vilma foi morta com um tiro na cabeça
Um policial militar da reserva foi preso em flagrante após matar a esposa e tentar matar o sogro na cidade de Inhambupe, no Nordeste da Bahia, a 110 km de Serrinha. Segundo informações da Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 12h de quarta-feira (21), na Praça Jota Maia.

O sargento aposentado Manoel de Jesus Fagundes, 58 anos, atirou na cabeça da esposa, Maria Vilma da Conceição Oliveira, 43, que morreu na hora. O pai de Maria Vilma, Francisco Arestides Oliveira, também foi baleado, mas não morreu. O estado de saúde dele não foi divulgado.

De acordo com a polícia, o crime teria sido motivado por ciúmes. Manoel teria visto no celular de Maria Vilma mensagens para outra mulher que teriam levado o sargento a acreditar que estava sendo traído.

Ainda segundo a Polícia Civil, quando os policiais chegaram para atender a ocorrência encontraram Manoel de Jesus com a arma apontada contra a própria cabeça e as vítimas caídas no chão. Uma policial militar conseguiu convencê-lo a se entregar.

Minutos depois, o sargento aposentado começou a passar mal. Ele informou que havia ingerido o veneno de rato conhecido como chumbinho. Após ser lavrado o flagrante, Manoel foi encaminhado para o Hospital Dantas Bião, onde permanece internado. O estado de saúde dele não foi divulgado.

Em nota, a Polícia Militar informou que instaurará um Processo Administrativo Disciplinar para apurar a conduta do sargento da reserva na esfera administrativa. Já na esfera penal, o crime será investigado pela Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário