19 de dez de 2016

Líder da Katiara ficará mais um ano no RDD do presídio de Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Prestes a ser transferido para o presídio de Feira de Santana, O líder da facção criminosa Katiara Marilton Nunes de Jesus, o “Mamai”, vai permanecer mais um ano no Conjunto Penal de Segurança Máxima de Serrinha, mantido em Regime de Disciplinar Diferenciado (RDD). A decisão é da Vara de Execuções Penais de Feira de Santana.

Com a concordância do Ministério Público (MP), o Juízo atendeu o pedido da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira), que, ao tomar conhecimento da transferência, promoveu uma investigação em torno do traficante que, mesmo preso em Serrinha, foi o mandante de vários crimes.

Os investigadores da Coorpin/Feira elaboraram um relatório no qual relata, com provas materiais e testemunhais, a ocorrência de um duplo homicídio, cumprindo a seu mando, e a humilhação aplicada como exemplo a uma mulher, que teve a cabeça raspada, foi filmada e as imagens distribuídas em um aplicativo de troca de mensagens.

Líder de uma quadrilha de traficantes e homicidas, cujo reduto é o bairro Queimadinha, mas abrangência em toda Feira, Mamai também foi flagrado com entorpecentes no presídio de Serrinha e ameaçou de morte um funcionário do conjunto penal. Ambos citados no trabalho. O comportamento do traficante foi acompanhado, nos últimos 360 dias que esteve em RDD, pelo Serviço de Inteligência, da Coordenadoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário