1 de dez de 2016

Conceição do Almeida: Câmara é ocupada contra aumento nos salários dos políticos

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Moradores de Conceição do Almeida, 165 km de Serrinha, ocuparam na última segunda-feira (28) o plenário da Câmara Municipal de Vereadores contra o reajuste dos salários de prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores aprovados e sancionados nas últimas semanas. A população durante o protesto pediu a revogação do aumento abusivo e a redução dos salários dos políticos do município.

Votada, aprovada e sancionada em setembro deste ano, dias antes das eleições municipais, as PL’s n° 536 e 537/2016 garantiram o reajuste nos salários dos parlamentares no próximo mandato de 2017 a 2020. O salário dos vereadores subiu de R$ 4,900 mil para R$ 7,200 mil, dos secretários de R$ 4,270 mil para R$ 6 mil, do vice-prefeito de R$ 7 mil para R$ 7,500 mil e do prefeito de R$ 14 mil para R$ 15 mil.

Durante o ato contrário aos aumentos alguns moradores usaram a tribuna da câmara para manifestar sua indignação. Embora a população entenda que o aumento é legal, considera o fato imoral e abusivo levando em consideração a crise econômica instaurada no país. Um abaixo assinado está sendo feito entre os munícipes, exigindo a revogação dos aumentos e pedindo que o salário do prefeito caia para R$ 10 mil o do vice-prefeito para R$ 5 mil, dos secretários para R$ 4 mil e dos vereadores para R$ 1,200 mil.

O movimento promete tomar as ruas da cidade e se intensificar na próxima semana. Apenas seis dos 11 vereadores do município compareceram a sessão nesta segunda-feira (28).

Nenhum comentário:

Postar um comentário