24 de jun de 2016

Orquestra Sanfônica de Serrinha encanta o público na primeira noite do São João do Pelô

Redação Portal Cleriston Silva PCS






Juntamente com a pipoca, licor, bolo de milho e amendoim cozido, o forró ajudou a manter a tradição na primeira noite do São João da Bahia, nesta quinta-feira (23), no Centro Histórico de Salvador (CHS). Atrações como Orquestra Sanfônica de Serrinha, no Terreiro de Jesus, e Gereba, no Largo do Pelourinho, fizeram com que muitas famílias, inclusive com crianças, entrassem no clima do arrasta-pé.

Acompanhada do marido e do filho de apenas dois anos, a assistente-financeira Mailine Santos ficou encantada com a apresentação da Orquestra Sanfônica. “É uma festa muito linda. É o primeiro ano da gente com o Bernardo. Ele está gostando muito e a gente também pela tranquilidade e segurança. Tudo lindo”, afirmou.

Os bares no entorno do palco ficaram lotados. Mesas e cadeiras ocupadas, mas teve quem preferiu ficar em pé para cair na dança, como a aposentada Maria de Lurdes Bastos, de Salvador. “É uma festa popular. É uma festa nossa, típica. Estou achando tudo muito bem organizado, o policiamento está bom. Não tenho do que me queixar”, disse.






Caracterizados respectivamente de Maria Bonita e Lampião, o casal José Silveira e Joelice Conceição estava impecável no figurino. Atenciosos com o público que não hesitou em pedir fotos, ele, que é inspetor de solda, e ela, que é técnica de enfermagem, também entraram no ritmo do dois pra lá, dois pra cá. “Estou gostando demais. É muito bom aqui. É bonito e tá (sic) joia”, disse Silveira.

Sobre o repertório que priorizou clássicos do xote, xaxado e baião, Joelice afirmou que “é muito importante manter a tradição. Temos que valorizar o forró. O Pelourinho é uma boa opção”.

O superintende de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia, Diogo Medrado, destacou o aquecimento na economia com a realização de shows promovidos pelo Governo do Estado na capital. “Quisemos colocar Salvador como destino de São João. Trazer a população do interior para a capital, além de pessoas de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, que são os principais clientes do destino Bahia. Pelourinho não poderia ficar de fora desta programação”.











Nenhum comentário:

Postar um comentário