15 de jun de 2016

Casos confirmados de microcefalia chegam a 254 na Bahia

Redação Portal Cleriston Silva PCS

De acordo com o Ministério da Saúde, a Bahia já registrou 254 casos de Microcefalia desde outubro de 2015 até junho deste ano. Os dados foram divulgados no boletim epidemiológico da pasta, publicado nesta quarta-feira (15). Ainda segundo o ministério, outros 667 casos estão sob investigação e 214 foram descartados no estado.

Desde o início da investigação, a Bahia acumula 1.135 caso da patologia. Em relação ao Brasil, o boletim divulgado nesta quarta registrou um acumulado de 7.936 suspeitos. Destes, 3.308 já foram descartados e 3.047 permanecem em investigação.

No mesmo período, foram registrados 317 óbitos suspeitos de microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação (abortamento ou natimorto) no país. Destes, 73 foram confirmados para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central. Outros 198 continuam em investigação e 46 foram descartados.

No mês de junho, o Ministério da Saúde registrou 1.581 casos confirmados no país. Desse total, 226 tiveram confirmação por critério laboratorial específico para o vírus Zika. O ministério, no entanto, ressalta que esse dado não representa, adequadamente, a totalidade do número de casos relacionados ao vírus.

A pasta orienta as gestantes adotarem medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário