5 de out de 2018

Osni Cardoso comenta notícia divulgada em blog falso às vésperas da eleição

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Avançamos muito tecnologicamente, o acesso aos meios de comunicação permitiu que se inaugurasse um novo momento, onde as pessoas têm debatido mais sobre as temáticas sociais e embora isso seja extremamente positivo, percebemos também um movimento contrário. Mais de 12 milhões de pessoas compartilham informações inverídicas, segundo levantamento realizado pelo Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação da Universidade de São Paulo (USP). Aproveitando dessa crescente, tem aumentado o "comércio de notícias falsas" as famosas Fake News.

No município de Serrinha, nesta sexta-feira (05), às vésperas da eleição, foi criado um blog intitulado "informativo", onde se encontra apenas uma "notícia" que foi espalhado por vários grupos de Whatsapp. Na mensagem os opositores do petista dizem que o ex-prefeito do município, Osni Cardoso, está inelegível, o que causou muitas dúvidas entre a população, já que o seu nome tem despontado com grande força no Território do Sisal e em todo o Estado, para ocupar uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia.

A nossa reportagem entrou em contato com Osni, que segue fazendo campanha e reforçando sua candidatura a deputado estadual. "Com a intenção de confundir o eleitorado, a disseminação dessas mensagens, principalmente pelas redes sociais, surge como uma nova estratégia para comprometer a imagem dos candidatos e levar o eleitor ao erro na hora de decidir o voto. No dia 04 fizemos a maior carreata da história de Serrinha, isso sem dúvidas incomodou meus opositores que desde o início resumiram sua campanha a me atacar, enquanto eu construí e apresentei propostas. Sou candidato, sim, e para quem tiver dúvidas é só consultar o site do TSE e não um blog sem credibilidade. Desde já, agradeço ao Portal Cleriston Silva pelo espaço e pelo compromisso com a informação verdadeira", destaca Osni.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou no dia 17 de agosto deste ano, o registro de Osni Cardoso. Autorizado pela Justiça Eleitoral, Cardoso tem condições normais para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), conforme consta no site do TSE [CLIQUE AQUI PARA VER].

Nos autos e por meio de sua defesa, Osni argumenta que o Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) aprovou o exercício financeiro de 2015, entretanto, diz o ex-prefeito, "objetivando tão somente prejudicá-lo politicamente, a câmara municipal rejeitou suas contas sem observar os princípios do contraditório e ampla defesa".

2 comentários:

  1. Essa é a arma de quem não tem votos e nem competencia não se preocupe tamos juntos agrad lecy do taxi

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Osni, que você tenha um mandato de comoetecomp e sucesso...

    ResponderExcluir