25 de out de 2018

Ex-presidiário é morto a tiros por homens encapuzados em Nova Fátima

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um ex-presidiário foi assassinado com quatro tiros no fim da tarde desta quarta-feira, 24, na cidade de Nova Fátima, na região da Bacia do Jacuípe, a 103 km de Serrinha. Segundo a Polícia Civil, ele havia saído da cadeia há três meses.

Gilvan Carlos Pereira Gonçalves, de 36 anos, vulgo “Gueira”, estava em uma rua do bairro Nossa Senhora de Fátima quando homens armados e encapuzados chegaram ao local e um deles atirou várias vezes.

O assassinato ocorreu por volta das 17h30. Segundo informações colhidas pelo repórter Reny Maia junto à Polícia Civil, um carro não identificado parou na via e um homem encapuzado desceu. O suspeito se aproximou de Gilvan e atirou várias vezes.

O ex-presidiário foi atingido com quatro tiros na cabeça e tórax. Os criminosos fugiram em seguida e testemunhas não conseguiram anotar a placa do veículo. Gilvan chegou ser lavado para o Hospital Municipal Florisvaldo Josuel Araújo, mas morreu pouco depois de dar entrada na unidade. A Delegacia Territorial instaurou inquérito para investiga o caso.

Crime em 2013 - Gilvan foi preso acusado de matar a pauladas o jovem Victor Maciel, de 24 anos, no dia 8 de dezembro de 2013.

Victor, que era natural de Valente, foi morto durante uma festa no Centro de Nova Fátima. Ele teria esbarrado sem querer em Gilvan, que também estava na festa. Gilvan se irritou, pegou um pedaço de madeira e aplicou um golpe na cabeça da vítima.

Victor chegou a ficar internado na UTI do Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA) em Feira de Santana, mas não resistiu e morreu oito dias depois. *Colaborou o repórter Renny Maia

Victor foi morto com uma paulada na cabeça após esbarrar no agressor sem querer
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário