23 de jul de 2018

Governo entrega sede de Centro Juvenil e ampliação de Cetep em Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A Secretaria da Educação do Estado realizou, no último sábado (21), as entregas da sede do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) e da ampliação do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Sisal, no município de Serrinha. No prédio do CJCC, situado no antigo Centro de Educação Científica de Serrinha, também serão implantados a Escola Tecnológica e a Universidade Aberta. Já no Cetep, a comunidade escolar recebeu um auditório e cinco novos pavilhões de sala de aulas, que inclui nove laboratórios.

O CJCC um espaço dedicado à educação complementar, ao lazer criativo, à interação social, ao conhecimento tecnológico, à ciência e a tantas outras formas de saber que ultrapassam o conhecimento convencional. No centro serão ofertados cursos e oficinas a estudantes da rede estadual, que participam das atividades no turno oposto aos quais estão matriculados.

O deputado estadual Gika Lopes acompanhou a visita e na oportunidade falou do compromisso do governo da Bahia em assumir o centro. “Eu e o companheiro Osni, logo que soubemos que Temer havia cortado a verba das Escolas de Ciências, nos unimos e corremos atrás de soluções. A nossa juventude não poderia ser prejudicada dessa forma. Agradeço pela parceria firmada e pelo cuidado do nosso governador Rui Costa com o povo do Sisal”. Pontuou, Gika.

"Serrinha está recebendo a primeira unidade do CJCC entregue já com equipamentos. Essa é uma iniciativa para trazer de volta para o Estado toda a estrutura que tínhamos com o Centro de Educação Científica. Vamos oferecer atividades voltadas para a robótica realidade virtual, ciência e games. Uma iniciativa que está proporcionando premiações internacionais para os nossos jovens. O espaço ainda vai abrigar a Escola Tecnológica, para ser utilizada pelos estudantes dos cursos técnicos de nível médio, nos moldes das Fábricas-Escolas, e a Universidade Aberta, que vai proporcionar o nível superior a distância para os moradores das cidades vizinhas", disse Walter Pinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário