4 de jan de 2017

Publicadas novas diretrizes das UPAs; região do sisal tem 3 unidades sem funcionamento

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira (4) portaria que redefine as diretrizes de modelo assistencial e financiamento das unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Entre outros pontos, a portaria estabelece que "caberá ao gestor" definir o número de profissionais, incluindo médicos, da equipe assistencial da UPA 24 horas, tomando como base a necessidade da Rede de Atenção à Saúde (RAS) e as normas em vigor.

Segundo a portaria, deve ser mantido "o quantitativo de profissionais suficiente, de acordo com a capacidade instalada e o quadro de opções de custeio". As medidas definidas pelo ministério têm o objetivo de readequar UPAs que estão prontas, mas sem funcionamento.

De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), há 16 unidades no estado nessa situação: Rio Real, Araci, Santo Antônio de Jesus, Macaúbas, Monte Santo, Morro do Chapéu, Jaguaquara, Gandu, Conceição do Coité, Itabuna, Esplanada, Eunápolis, Itamaraju, Brumado, Euclides da Cunha, Livramento de Nossa Senhora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário