5 de jan de 2017

Corpos de família morta em acidente na BR-324 são liberados pelo DPT de Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Os quatro corpos das pessoas da mesma família que morreram em um acidente na segunda-feira, 3, na BR-324, em Riachão do Jacuípe (distante a 55 km de Serrinha), foram liberados e transferidos nesta quarta-feira, 4, do Departamento de Polícia Técnica de Serrinha (DPT).

O corpo de Rosendo da Costa Sobral, de 66 anos, seguiu para a cidade de Tauá, no Ceará. Já os corpos de Roberta Aparecida Elói Ribeiro, de 20 anos, Mateus Elói Ribeiro dos Santos, de 1 ano e 4 meses, e Ana Clara da Costa Ribeiro dos Santos, de apenas 4 meses, foram levados para Ubá, no Estado de Minas Gerais, onde serão sepultados.

As vítimas estavam em um veículo de passeio Fiat Uno e seguiam de Tauá (CE) para Minas Gerais, após passarem as festas de final de ano com familiares. De acordo com os registros da Policia Rodoviária Federal (PRF), o Fiat Uno bateu de frente com uma carreta que transportava querosene, por volta das 13h30, na altura do KM 417, nas proximidades do povoado Vila Aparecida.

De acordo com a PRF, três das vítimas morreram na hora e os corpos delas ficaram presos nas ferragens do carro. O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer a remoção. O bebê de 4 meses chegou a ser levado para o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe por pessoas que passaram pela rodovia logo após o acidente, mas segundo a unidade de saúde, morreu a caminho.

O motorista da carreta, Alan Santos Conceição, idade não revelada, não sofreu ferimentos. Ele não soube dar detalhes do acidente e disse que saiu de Salvador com destino a Petrolina (PE). A carreta tombou, ficou atravessada na rodovia e a carga de querosene foi derramada na pista.

Com a batida, o carro ficou destruído

Carro e carreta com querosene colidiram em Riachão do Jacuípe

Nenhum comentário:

Postar um comentário