19 de mai de 2013

Vítimas de acidente na BR-116 são enterradas em Araci e Tucano

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Foram enterradas neste sábado (18), em Tucano e Araci, as três pessoas que morreram na noite de quinta-feira (16) na BR-116, em Jequié. Eles viajavam em uma van, placa DTC -7993, que saiu de Tucano para São Paulo. O carro que transportava 14 passageiros das cidades de Tucano, Araci e Serrinha bateu em uma carreta, placa OLA -2116, que, segundo informações, teria forçado uma ultrapassagem em local proibido.

Os corpos de Wallace Gomes da Silva, de 17 anos, e Elenice de Jesus, de 55, foram enterrados no cemitério municipal de Tucano. Já o corpo de Meire Santos Conceição, de 53 anos, foi enterrado no cemitério do Povoado de Tapuio, zona rural de Araci. A despedida foi marcada por muita comoção; alguns familiares chegaram a desmaiar.

Vítimas internadas - Quatro vítimas do acidente que deixou três pessoas mortas na BR 116, próximo a cidade de Jequié, no sudoeste da Bahia, na noite da quinta-feira (16), permanecem internadas no Hospital Geral Prado Valadares, neste sábado (18).

De acordo com o serviço social da unidade de saúde, entre os feridos está uma criança de oito anos de idade e um idoso. O hospital informou que os pacientes estão estáveis e não correm risco de morte. Uma mulher teve alta médica na sexta-feira (17).

Acidente - Segundo a Polícia Rodoviária Federal, uma carreta, ao fazer uma ultrapassagem proibida em uma curva, acabou colidindo na lateral de van que transportava 14 passageiros. As vítimas ficaram presas as ferragens.

A colisão ocorreu por volta das 22h15, no km 663O motorista da carreta que provocou o acidente, Ezequias Rios Silva, fugiu do local do acidente, segundo informações da Polícia Rodoviária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário