14 de mai de 2013

Justiça Eleitoral cancelou cerca de 120 mil títulos na Bahia, diz TRE

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Dos cerca de 1,3 milhão de títulos eleitorais cancelados no país, 120.769 foram na Bahia, segundo informou nesta terça-feira (14) o Tribunal Regional Eleitoral estadual (TRE-BA).

A Justiça Eleitoral cancelou os títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições - o prazo para regularizar a situação era até o dia 25 de abril.

A lista com o nome das pessoas que deveriam regularizar situação junto à Justiça Eleitoral foi publicada em fevereiro deste ano em cartórios eleitorais e também no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O cancelamento do título pode impedir a retirada de passaporte ou carteira de identidade, o recebimento de salários de função ou emprego público e obtenção de certos tipos de empréstimos. Também complica a investidura e nomeação em cargo público e renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Quem perdeu o título deve procurar um cartório eleitoral para reativar o registro. O documento pode ter o mesmo número do cancelado. É necessário apresentar documento de identificação, comprovante de residência e preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral, além de pagar eventuais multas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário