19 de mai de 2013

Falsos boatos sobre o Bolsa Família mobilizou beneficiários de várias cidades do interior

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Tumulto na agência da Caixa em Araci
A população das cidades de Serrinha, Conceição do Coité, Nova Soure, Araci, Jacobina, Alagoinhas e de outros municípios do interior da Bahia se aglomerou em agências da Caixa Econômica Federal devido aos boatos, já desmentidos pelo governo federal, de que o Bolsa Família e o Bolsa Escola seriam extintos.

Em Conceição do Coité, na região do sisal, dezenas de pessoas estiveram presentes na agência localizada no centro da cidade, o que causou confusão e empurra-empurra desde a noite de sábado (18).

Os beneficiados também se mobilizaram na cidade de Araci. Debaixo de chuva, mulheres, adolescentes e até idosos lotaram a agência da Caixa na tentativa de sacar o Bolsa Família.

A agência da Caixa Econômica Federal de Serrinha foi um dos locais em que uma imensa fila se formou. Muitos moradores saíram da zona rural para sacar dinheiro na agência da cidade. Uma multidão esperava em duas filas, que dobravam o quarteirão. A Polícia Militar fez a segurança. Dentro das agências, não havia funcionários.

Segundo a PM, algumas pessoas chegaram a ser conduzidas à Delegacia Territorial (DT/Serrinha) por vias de fato e desacato. A mesma situação também ocorreu em Jacobina, Alagoinhas, Nova Soure, Feira de Santana e Salvador. Foram dezenas de registros já recebidos pelo sistema policial durante todo o dia.

Em Coité, a confusão começou no sábado (18)
Em algumas cidades, populares disseram que souberam que a presidente Dilma daria ainda um abono salarial por conta do Dia das Mães. Cerca de 800 pessoas passaram pela agência de Serrinha, segundo a polícia. Apesar da informação de que o pagamento do programa Bolsa Família "ocorre normalmente de acordo com calendário estipulado pelo Governo Federal" e que "não procedia a informação de que hoje seria o último dia" do programa, a situação se manteve até por volta das 20h na cidade de Serrinha.

Em entrevista à imprensa, a ministra da Desenvolvimento Social, Tereza Campello, reiterou neste domingo (19) que "não existe qualquer possibilidade" de suspensão do programa Bolsa Família. “Não existe qualquer possibilidade de suspensão ou de alteração do Bolsa Família. O bolsa família está sendo e continuará sendo pago em dia, segundo o calendário”, declarou a ministra.

Segundo a assessoria do ministério, o falso boato sobre a suspensão dos pagamentos do Bolsa Família chegou a pelo menos 12 estados.

Também neste domingo, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, solicitou à Polícia Federal a abertura de inquérito para investigar a origem do falso boato. Em nota, o Ministério da Justiça disse que a PF já está investigando os fatos, que poderiam envolver "diferentes crimes".

"A determinação foi para que a apuração seja rigorosa a fim de que se possa tomar com rapidez as medidas criminais cabíveis contra todos os envolvidos na origem e na divulgação destes boatos", diz o comunicado.


Situação se manteve em Serrinha até por volta das 20h


Nenhum comentário:

Postar um comentário