31 de jul de 2012

Eleições em Biritinga: ‘se correr o bicho pega, se ficar o bicho come’

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O eleitorado de Biritinga, município localizado no nordeste da Bahia, a 21 km de Serrinha, sofre com um momento político atípico.

No município com pouco mais de 15 mil habitantes, o prefeito Gilmário Oliveira (PDT), conhecido como Gil de Gode, que tenta a reeleição, é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de desviar quase R$ 500 mil da educação para a conta bancária dele, da secretária da educação, Lúcia Cristina Souza, e do presidente da Comissão de Licitação, Elvis Meireles.

A outra opção da população, é o adversário de Gil, o ex-prefeito Aurélio Amicés Pedreira (PSD), o Amicés, que teve o registro de candidatura indeferido pela Justiça.

A Juíza Eleitoral Maria Angélica Carneiro impugnou a candidatura de Amicés sob a alegação de que as contas da prefeitura do exercício financeiro de 2004, época em que o impugnado exercia o cargo de prefeito daquele município, foram rejeitadas pela Câmara Municipal, em razão de irregularidades detectadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, o qual opinara pela aprovação com ressalvas, acarretando, em consequência, a sua inelegibilidade, conforme previsto no art. 1º, inc.I, alínea "g" , da Lei Complementar 64/90.

Nenhum comentário:

Postar um comentário