1 de jan de 2018

Jacobina: Homem é preso suspeito de estuprar jovem de 18 anos em boate

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um homem de 34 anos foi preso suspeito de ter estuprado uma jovem de 18 anos dentro de uma boate no município de Jacobina, a 200 km de Serrinha. O caso teria ocorrido na madrugada de domingo (31). O suspeito, identificado como Marcus Machado, negou à polícia que tenha cometido o crime e afirma que a relação sexual foi consensual.

Karen Dantas, uma amiga da vítima, contou que ambas estavam na casa de shows com um grupo de amigos. Em determinado momento da madrugada, a jovem teria ido ao banheiro e demorado para voltar.

“Achei estranho e fui procurar. Sentei um pouco para ver se ela vinha ao meu encontro. Tem uma área de lanches. Eu sentei lá. Aí, eu ouvi de longe a voz dela falando ‘para’. Quando vi, ela estava em um beco, na porta da saída de emergência, ele em cima dela. Ela estava ensanguentada”.

Karen conta que não tinha amizade, mas já conhecia o suposto agressor, que é um morador da cidade de Jacobina. Antes da situação, ela diz que o rapaz teria cumprimentado, inclusive, um dos integrantes do grupo de amigos da jovem que denunciou o estupro.

Karen explica ainda como teria ocorrido a abordagem do suspeito à amiga, antes da suposta agressão. “Ela [vítima] disse que saiu do banheiro e começou a nos procurar. Ela encontrou com ele [suspeito] e perguntou: Você viu? Ele disse que sim, pegou mão dela e levou para um beco escuro, na saída de emergência”, detalha.

Ao encontrar a amiga com o suposto agressor, Karen afirma que pediu socorro. “Comecei a gritar e ele saiu rindo”. A amiga diz ainda que a jovem foi levada para o hospital com muito sangramento.

O coordenador da Polícia Civil de Jacobina (16ª Coorpin), Eduardo Brito, confirmou a prisão do suspeito em flagrante diante da comprovação da relação sexual e da denúncia de estupro. O delegado ressaltou, entretanto, que Marcus Machado negou o crime e disse, em depoimento, que o ato sexual foi consentido.

Brito informou ainda que ele irá passar por audiência de custódia, na terça-feira (2), quando a Justiça deve decidir se irá responder à acusação em liberdade. A reportagem não conseguiu os contatos da defesa do suspeito. As informações são do site G1/Bahia.

Imagens do circuito de segurança mostram o momento em que, segundo a família, a jovem foi levada pelo suspeito para a saída de emergência da boate, onde o estupro aconteceu

Nenhum comentário:

Postar um comentário