16 de jan de 2018

MP denuncia à Justiça acusado de estupros em Jacobina

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Marcus Rodrigues Machado, 34 anos, acusado de estuprar uma jovem dentro de uma boate em Jacobina, na noite do dia 31 de dezembro, foi denunciado formalmente à Justiça pelo Ministério Público. Na denúncia, a Promotoria de Jacobina solicitou a manutenção da prisão preventiva de Marcus durante o processo.

A denúncia foi realizada nesta segunda-feira (15), de acordo com o MP. No documento, também foi requerido o sigilo do processo.

De acordo com a polícia, a vítima foi com amigos para uma boate e, por volta das 3h, na saída do banheiro, ela encontrou com Marcus e pediu ajuda para encontrar o grupo de amigos. Nesse momento, Marcus levou a vítima para perto de uma saída de emergência, onde, conforme a investigação, a estuprou.

Câmeras - Imagens de uma câmera de segurança do local mostram o momento em que a vítima aparece de mãos dadas com Marcus. Por causa da imagem, a defesa dele afirma que não houve estupro.

“As filmagens das câmeras de segurança são claras ao demonstrar que Marcus e C.S.B aparecem de mãos dadas, ela o acompanhando livremente. Estas imagens são absolutamente incompatíveis com a acusação de estupro”, diz uma nota enviada pelos advogados.

Na terça-feira (2), a Justiça converteu a prisão em flagrante do suspeito para preventiva. Segundo a Polícia Civil, a conversão ocorreu porque Marcus confessou o crime e, além disso, um laudo pericial também comprovou o estupro. No entanto, Marcus afirma que não houve confissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário