25 de mai de 2017

Suspeitos de matar PM em São Antônio de Jesus morrem em confronto com a polícia

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Três suspeitos de terem participado do assassinato do soldado da Polícia Militar Adelson Oliveira da Silva, 46 anos, na noite desta terça-feira (23), morreram em confronto com a polícia, na tarde de quinta-feira (24), em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano.

Bruno Henrique Oliveira de Jesus, 22, Carlos Leandro Santos de Jesus, o Léo Pacaia, 24, e Antônio Marcos Santos de Jesus, o Marcola, 23, tinham passagens em unidades policiais, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Conforme informou a pasta, o trio saiu recentemente da prisão e era conhecido por praticar roubos e furtos na região.

Eles estavam escondidos em duas casas, na Rua Justiniano Rocha Galvão, no Centro de Santo Antônio de Jesus, aguardando cobertura para fugir do município, de acordo com a SSP.

Os policiais invadiram a casa para prendê-los mas, segundo a SSP, os três atiraram contra os policiais, que revidaram. No confronto, eles foram atingidos e socorridos pela polícia para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus mas não resistiram aos ferimentos.

A polícia informou, ainda, que três revólveres calibre 38, além de carregadores de pistolas, munições e coletes balísticos foram encontrados sob posse do trio. O material apreendido foi apresentado na Delegacia Territorial de Santo Antônio de Jesus.

Atentado - O soldado da Polícia Militar Adelson Oliveira foi morto ao tentar impedir um assalto no Centro de Santo Antônio de Jesus, na região do Recôncavo. O crime aconteceu por volta das 19h30, na Rua Gerônimo Araújo Almeida. A primeira informação que a polícia recebeu era de que dois suspeitos em uma motocicleta Honda/Fan, de cor vermelha, tentaram assaltar um pedestre e o soldado, que estava de folga, foi impedir o roubo e acabou atingido por disparos.

Testemunhas socorreram o militar para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, onde ele passou por cirurgia. No entanto, no final da noite de ontem, ele não resistiu aos ferimentos. Adelson é o 13º PM morto neste ano na Bahia.

Em nota, a PM lamentou a morte do soldado. Adelson Oliveira era lotado na 5ª Companhia do 14º Batalhão e há 17 anos integrava o efetivo da corporação, conquistando o reconhecimento da unidade em que atuava como policial militar padrão em 2016. Segundo a corporação, ele deixa esposa e uma filha de 5 anos, além de um pai cego de 78 anos que estava sob os cuidados dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário