12 de mai de 2017

Segundo suspeito de matar professora em Alagoinhas é preso

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um segundo suspeito de matar a facadas a professora Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, na cidade de Alagoinhas, distante 120 km de Serrinha, foi preso na terça-feira (9). Ela foi encontrada morta e amarrada em uma cama, dentro de casa. De acordo com informações da Polícia Civil, o homem foi apontado como comparsa pelo primeiro suspeito preso. No entanto, conforme a polícia, ele nega a participação na morte da vítima.

Segundo informações da delegada Lélia Maria Raimundi, coordenadora regional da Polícia Civil em Alagoinhas, o suspeito preso na terça-feira estava escondido em uma casa na cidade, mas foi descoberto após denúncia. A polícia informou que o homem está na carceragem da Delegacia de Alagoinhas e deve ser ouvido pelo delegado Clélio Pimenta, que investiga o crime. A identidade dele não foi divulgada.

O outro suspeito de participar do crime foi preso no dia 29 de abril, no entroncamento entre as cidades de Crisópolis e Olindina, às margens da BR-110. Segundo a polícia, o homem, identificado como Edvan Alves dos Santos, de 28 anos, já tinha prestado serviços, ao menos uma vez, para a vítima. Ele foi identificado após o celular da enfermeira ser apreendido com um receptador que comprou o aparelho na mão dele e tinha mandado de prisão em aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário