15 de set de 2016

Mundo Novo: Áudio de fornecedor ‘para prefeito’ expõe uso de verbas em campanha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um áudio em que um fornecedor da prefeitura de Mundo Novo, no Piemonte do Paraguaçu, cobra débitos de campanha eleitoral, supostamente, ao prefeito Luzinar Gomes Medeiros (PSD), sugere uso fraudulento de verbas da educação e da saúde municipal. A fala, compartilhada via WhatsApp, seria a de Jamerson Silva Araújo. O empresário, que presta diversos serviços à gestão atual, que vão de limpeza a produtos de armarinho, cobra a "Galego", apelido do prefeito, o ressarcimento de uma quantia usada para pagar serviços gráficos. No meio do áudio, no minuto 1m14s, Araújo chega a falar que está "resolvendo" o caso com as notas de educação, mas espera um "paliativo" dos recursos da saúde. Chega a pedir "consciência" ao interlocutor. “Galego. véi (sic), você sabe que eu sou seu parceiro e jamais lhe prejudicaria. Só que o que está acontecendo não tem condições não. Liguei para Virgínia [Pereira, secretária de Finanças] agora e ela me disse que vai cadastrar minha conta no banco, e não sei o quê, que não está pronta.  Então. Mas Virgínia, esse é um material de campanha. Precisa ser resolvido. Já tá (sic) demais. E ela disse que o problema era meu e seu. Lulu [Aloísio da Silva Filho, ex-diretor de Esportes e coordenador da campanha da candidata apoiada pelo prefeito] veio aqui buscar um material, eu não liberei. Não libero nota, não faço nada. Na moral. Porque aí agora tá sendo sacanagem comigo, bicho. Eu tô (sic) pagando do meu dinheiro, fazendo com parceria. Tu tá vendo o que tenho feito pela campanha. Não tem problema nenhum. Tô sendo parceiro mesmo, porque ninguém faz o que eu tô fazendo, porque nem aqui em Piritiba tô fazendo o que tô fazendo com vocês. E aí, chegou sexta-feira, tu me disse que ia passar os R$ 3,6 mil, não passou. Eu dei meu cheque de noite, e chega meus compromissos agora na segunda, eu não tenho como resolver, devido a esse problema. Tô tentando ajeitar de todas as formas. Ligo para um, ligo para outro, ninguém consegue resolver. Aí, agora as notas da educação, já estou resolvendo. Tudo bem. Mas as da saúde, dava pelo menos um paliativo pra (sic) gente aqui. Pelo menos, pagar o material gráfico. Eu já paguei R$ 16 mil para vocês. Tirei do meu, porra (sic), livre para você me pagarem com dinheiro que eu já vendi e entreguei o material. Eu só quero receber o que é meu. Pegando o meu dinheiro de novo botando na campanha, e aí uma sacanagem dessa. Pelo amor de Deus. Tenha consciência aí. Veja o que você pode fazer com esse pessoal, aí?”, diz um trecho do áudio do empresário. Em Mundo Novo, duas candidaturas concorrem ao executivo da cidade. A médica veterinária Ana Lucia, apoiada pelo prefeito Luzinar, também do PSD, e o o ex-delegado da cidade José Adriano da Silva (PSB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário