13 de set de 2016

Catu: TCM multa prefeito por irregularidades na contratação de atrações musicais

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente nesta terça-feira (13), o termo de ocorrência lavrado contra o prefeito de Catu, Litoral Norte e Agreste Baiano, Geranilson Dantas Requião, por irregularidades na licitação realizada para contratação de atrações musicais em festas realizadas em 2015.

A corte imputou uma multa no valor de R$36 mil pelas contratações, que custaram R$716.590,00 aos cofres do município. A relatoria constatou que as cartas de exclusividade apresentadas pelas empresas LG Produções e Eventos, Gleyser Soares Nascimento e G.de J. Batista não comprovam que havia constância na relação entre os artistas e as empresas. Ainda cabe recurso da decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário