20 de set de 2016

Caldeirão Grande: Ex-guarda municipal é condenado por homicídio

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O ex-guarda municipal, José Dias dos Santos, foi condenado a 19 anos de prisão pelo homicídio de sua ex-namorada, Marile Ribeiro Dias, e pela tentativa de homicídio de Geovane Souza, então namorado de sua ex-companheira. O crime foi cometido em abril de 2011 no centro da cidade de Caldeirão Grande (a 183 km de Serrinha).

José desferiu quatro tiros a queima-roupa contra Marilene, que morreu, e um tiro no braço de Geovane, que saiu em defesa dela, mas conseguiu escapar com vida. José Dias dos Santos ficou foragido por cinco anos, foi preso e levado a julgamento. A tese do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), acatada pelos jurados, foi defendida pelo promotor de Justiça Pablo Almeida, e a pena estipulada pelo juiz Marley Cunha Medeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário