26 de set de 2016

Juíza realiza mutirão no Juizado Especial com processos contra Coelba em Coité

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A juíza de direito titular da Vara dos Juizados Especiais de Conceição do Coité, no Território do Sisal, Cristiane Cunha Fernandes, programou para a próxima semana nos dias 27 (terça-feira) e 30 de setembro (sexta-feira), um total de 460 audiências.

Segundo informou o supervisor da unidade judicial, José Jurandi Silva de Oliveira Júnior, o total corresponde à soma da pauta normal, que inclui 160 processos, mais 300 audiências envolvendo a concessionária de energia elétrica Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba).

Os mutirões, como são conhecidas as pautas de audiências concentradas, já vêm sendo realizadas pela equipe de trabalho da juíza Cristiane Cunha Fernandes, como forma de controlar o crescimento do acervo.

O número de questões relacionadas ao fornecimento de energia é atribuído a ocorrência de apagões que podem ter provocado a dificuldade de entendimento entre a concessionária e os cidadãos de Conceição de Coité.

As súbitas interrupções de fornecimento de energia por parte da Coelba geram controvérsias relacionadas à manutenção de equipamentos, entre outras perdas alegadas pelos cidadãos, em razão, principalmente de apagões, também conhecidos por blecautes, ocorridos em 2010, 2012 e 2014.

A Vara dos Juizados Especiais de Conceição do Coité foi uma das primeiras a inscrever processos na Semana Estadual de Conciliação, programada para o período de 16 a 21 de novembro, antes do início da Semana Nacional de Conciliação, que vai até dia 25.

A inscrição de processos para entrarem na pauta do Movimento pela Conciliação iniciou no dia 22 de agosto e segue até o dia 7 de outubro. Cidadãos ou instituições que tenham interesse devem procurar a unidade judicial em que o processo tramita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário