20 de nov de 2015

Suspeito de envolvimento em assassinato de PM é morto em Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um dos suspeitos de envolvimento na morte da policial militar Dulcineide Bernadete de Souza, de 44 anos, fato ocorrido na capital baiana, morreu em confronto com a polícia na madrugada desta sexta-feira (20), no povoado de Aparecida, em Serrinha.

Segundo informações apuradas pelo repórter Renny Maia, da Rádio Continental AM, o suspeito, identificado como William Santana da Silva, de 23 anos, o "Talento", chegou a ser levado para o Hospital Municipal de Serrinha, mas já chegou morto.

De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP/Salvador), o homem foi encontrado por equipes da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), formadas pelas polícias Civil e Militar para investigar mortes de policiais.

Inicialmente o Portal Cleriston Silva divulgou o caso como homicídio, porque a Delegacia local, até as 9h de sexta, ainda não havia sido informada oficialmente que se tratava de uma intervenção policial desencadeada pelo DHPP com agentes encapuzados e em viaturas descaracterizadas e registrou o fato como homicídio. O Auto de Resistência (AR) foi registrada no DHPP, o que também causou o equívoco. A situação foi esclarecida neste sábado (21) pela assessoria da Polícia Militar.

Dois envolvidos na morte da PM, Lucas Silva dos Santos, de 22 anos, mais conhecido como ‘Calafate’, ‘Calé’ ou ‘Machuca’, e Rodrigo Lima Bonadia dos Santos, de 24, o ‘Pão’, foram presos e já prestaram depoimento sobre o caso.

Josias Cerqueira dos Santos, de 19, o ‘Rato’, mentor do assalto e suspeito de ser o autor dos disparos contra a PM, envolveu-se numa troca de tiros com policiais no Distrito de Açu, em Mata de São João, na quarta-feira (18), e não resistiu. A polícia continua as buscas por Wilihans da Rocha Pita, o ‘Coroa’, quinto suspeito envolvido no caso.

Caso - A policial militar foi baleada na cabeça, dentro do posto de saúde de Pituaçu, em Salvador, por volta das 9h de segunda-feira (16).

A PM recebeu os primeiros socorros de uma equipe do SAMU, em seguida, foi levada de helicóptero pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar para o Hospital do Subúrbio. A vítima, que tinha 44 anos, morreu no início da noite de segunda-feira.

Segundo a polícia, três homens participaram do assalto, sendo que dois entraram no posto e renderam um policial identificado como Edmilson, que foi algemado e colocado dentro de uma sala.

A policial Dulcineide Bernadete de Souza teria sido atingida quando saía do banheiro. Ainda segundo a polícia, os bandidos fugiram levando objetos pessoais e duas armas dos policiais. No momento do assalto o posto estava cheio.

Imagens da câmera de segurança dentro do posto de saúde do bairro de Pituaçu mostram o momento em que a PM Dulcineide Bernadete de Souza chegou ao local. Logo em seguida, o responsável pelos disparos é visto invadindo a unidade.

Na imagem [ver abaixo] é possível ver a PM passando por um balcão às 9h39 e seguindo para a área interna da unidade de saúde. Minutos depois, às 9h43, um dos suspeitos aparece armado anunciando o assalto. Ele está vestindo camisa vermelha. Em seguida, as pessoas que estão atrás do balcão saem do local. O vídeo é cortado e não exibe o momento em que a PM foi morta.

Através de nota, a Polícia Militar lamentou a morte da soldado, informou que ela era lotada no Subcomando Geral da PM e tinha 16 anos na corporação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário