11 de dez de 2014

Polícia apreende 1,6 tonelada de maconha e prende três traficantes em Jacobina

Redação Portal Cleriston Silva PCS



A maior apreensão de maconha feita este ano pela Polícia Civil na Bahia – mais de 1,6 tonelada – ocorreu na sexta-feira (5), no município de Jacobina, a 198 km de Serrinha, onde equipes dos Departamentos de Narcóticos (Denarc), de Polícia do Interior (Depin) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também erradicaram 40 mil pés da planta e apreenderam 20 quilos de cocaína e duas armas. Realizada com o apoio da Superintendência de Inteligência (SI/SSP), a Operação Lavoura resultou ainda nas prisões dos traficantes Joseilson Ramos de Souza, o “Kuno”, 28 anos, Emílio Bispo dos Santos, o “Bida”, 53, e Manuel José Neto, 28.

Toda droga apreendida em duas propriedades, no distrito de Laje do Batata e na localidade de Paraíso, bem como os três traficantes foram apresentados à imprensa, na tarde desta quarta-feira (10), no auditório do DHPP, na Pituba. Depois de periciada no Departamento de Polícia Técnica (DPT), a maconha e a cocaína serão incineradas, com autorização da Justiça. Autuados em flagrante por tráfico, associação para o tráfico, financiamento do tráfico e porte ilegal de arma, “Bida”, Manuel e “Kuno”, este proprietário das roças, seguiram para o sistema prisional.

Quarenta policiais civis participaram da Operação Lavoura, fruto de seis meses de investigação. Segundo o delegado Jackson Carvalho, do Denarc, “Kuno”, o líder da quadrilha, foi preso no centro do município e seus dois comparsas na roça em Paraíso, onde estavam os 20 quilos de cocaína e duas pistolas de calibres 635 e 940. A maconha, já ensacada para venda, e a plantação erradicada foram localizadas na roça em Laje do Batata.

Um caminhão cedido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi utilizado para transportar a droga de Jacobina para Salvador. Além do delegado Jackson Carvalho, participaram da coletiva, no DHPP, o coordenador da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, delegado Fábio Silva, o delegado Fábio Lordello, do DHPP, e o titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Feira de Santana, delegado Matheus Souza, que lavrou o flagrante.


A droga foi apreendida em duas propriedades no distrito Laje do Batata

Nenhum comentário:

Postar um comentário